Principais manchetes para essa Quarta Feira

09 ago 2017

Principais manchetes do dia

Brasil

·         Na agenda de indicadores, o destaque fica para o IPCA de julho, a mediana das expectativa aponta 0,18% MoM e 2,66% YoY, a CM Capital estimou 0,08% MoM. Ainda neste dia, o Banco Central divulgará o Fluxo Cambial entre 31 de julho e 4 de agosto, para o mês de julho, até o dia 28, foi registrada a saída de US$ 2,63 bilhões.

·         Mais cedo foi divulgado o IPC-FIPE da primeira quadrissemana de agosto, o mercado estimou 0,09%, mas foi registrada alta de 0,04%, acima dos -0,01% apontando no fechamento de julho. Entre os grupos, destaques para Transportes que avançou 0,17% para 0,66% e Saúde que passou de 1,18% para 1,31%. Na contramão, os grupos que seguem em deflação são: Alimentação (-0,32%), Habitação (-0,19%) e Despesas Pessoais (-0,12%).

·         O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou ontem que o Congresso Nacional deixará caducar três medidas provisórias (MPs), que perdem o prazo até o fim desta semana. São elas: 1) a MP da reoneração da folha de pagamento de alguns setores; 2) a MP que aumenta de R$ 15 mil para R$ 500 mil o valor máximo e multa a ser aplicada a frigoríficos que infringirem a legislação trabalhista; e 3) a MP que autoriza Estados, Distrito Federal e municípios a usar dinheiro do Imposto de Renda e multa arrecadados com a repatriação para cumprir o limite constitucional de gastos com educação.

·         No radar dos investidores, está a reunião do presidente Michel Temer com a equipe econômica para discutir a ampliação do déficit da meta fiscal deste ano. No Congresso, a Comissão Mista da Medida Provisória 777, que cria a Taxa de Longo Prazo (TLP), reúne-se para leitura do relatório do deputado Betinho Gomes (PSDB), às 14h30.

·         O noticiário da conta de que o governo desistiu de elevar a alíquota do Imposto de Renda da Pessoa Física em 2018, após a reação negativa de deputados e do empresariado. O governo esclareceu em nota oficial que “não encaminhará proposta de elevação do Imposto de Renda ao Congresso Nacional”. Mas, a equipe econômica confirmou que analisa um pacote de aumento de outros impostos. Rodrigo Maia foi claro que “aumento de impostos não tem apoio da Câmara”, entende-se que ele não quer se comprometer por ser pré-candidato ao governo do Rio, na eleição de 2018.

China

·         Os dados de inflação vieram abaixo do esperado pelo mercado. A inflação ao consumidor (CPI) desacelerou de 1,5% YoY em junho para 1,4% YoY em julho, o mercado estimava manutenção no patamar de junho. A inflação de serviços avançou 2,9% YoY e a de bens de consumo subiu 0,5% YoY. Os preços dos alimentos mostraram queda de 1,1% YoY. A inflação ao produtor (PPI) mostrou alta de 5,5% YoY em julho, manutenção do patamar apontando em junho, o mercado esperava um ligeiro avança para 5,6% YoY.

Estados Unidos

·         Conforme já comentamos por aqui, semana de agenda fraca. Hoje, apenas Vendas e Estoque no Atacado às 11h00, o mercado estima 0% e 0,6%, respectivamente, em junho.

Europa

·         Hoje agenda na Europa vazia, sem destaque para os indicadores divulgados por lá. Teve Produção Industrial na Itália, que veio em +1,1% MoM, melhor do que o +0,2% MoM esperado para junho. No YoY, o indicador avançou para 5,3%, bem melhor do que os 3,4% esperados. Além disso, a taxa de desemprego ao longo do segundo trimestre do ano em Portugal diminuiu ao seu menor patamar desde 2009, 8,8%; no primeiro tri a taxa havia sido 10,1%.

Mercados e Commodities

·         Os mercados asiáticos encerram majoritariamente em queda, os investidores monitoram a escalada das tensões entre EUA e Coreia do Norte, que acabou resultando no interesse pelo bônus do governo japonês (JGBs), em commodities como ouro, a cotação spot mostrava alta de 0,49% às 7h55, e moedas como o iene, que valorizava 0,41% frente ao dólar. A Coreia do Norte ameaçou lançar mísseis de médio a longo alcance no território de Guam, que é administrado pelos Estados Unidos e que contém bases militares americanas. A agência de notícias estatal KCNA afirmou que os recentes exercícios militares realizados pelos EUA “estão levando a situação regional a um ponto extremo e tais manobras militares americanas podem provocar um conflito perigoso sob a atual situação extremamente aguda, que prevalece na Península Coreana”. A ameaça de Pyongyang vem em resposta aos comentários do presidente dos EUA, Donald Trump, feitos durante a tarde desta terça-feira (8), quando o republicano comentou que o ditador norte coreano irá encontrar “fogo e fúria nunca vistos antes pelo mundo” caso continue com a escalada de ameaças contra Washington. Dada a valorização do iene, Tóquio caiu 1,29%, refletindo as perdas das exportadoras, Seul perdeu 1,10%, Hong Kong desvalorizou 0,35% e Shanghai recuou 0,19%. Na Oceania, Sydney ganhou 0,38%, as ações bancárias contribuíram para os ganhos.

·         Os mercados europeus e os futuros de Nova York operam no negativo, pesa o noticiário sobre o acirramento do conflito entre EUA e Coreia do Norte, que causa a aversão aos ativos de risco e aumenta a demanda por ativos seguros como Treasuries. Entre as moedas do continente europeu, a librava ganhava 0,08% frente ao dólar, enquanto o euro perdi 0,15%.

·         Os contratos futuros do petróleo operam no positivo, os primeiros vencimentos do Brent e WTI exibem 0,63% e 0,59%, respectivamente, às 8h06. Ontem, o American Petroleum Institute (API) estimou uma queda de 7,8 milhões de barris no estoque de petróleo dos EUA, o que tenderia a favorecer os preços da commodity. Às 11h30, o Departamento de Energia (DoE) norte-americano divulgará dados oficias, a mediana das expectativas aponta para uma queda de 2,2 milhões de barris no estoque de petróleo bruto na semana passada. Caso os dados venham fora das expectativas, pode mexer na cotação da commodity.

·         O contrato futuro do minério de ferro na China, pelo Dalian Commodity Exchange, subiu 1,09%. O primeiro vencimento do cobre mostrava alta de 0,03%, às 8h08, na London Metal Exchange.

 

Quer Operar na Bolsa de valores? Clique aqui e conheça o Método EduIndex!

Você que é interessado na Bolsa de Valores, pode também ser um Trader! Clique aqui e baixe o e-Book “Como Iniciar a Vida de Trader”.


Leia também:

-> Edu Moraes é convocado para o Missão Trader Desafio Rússia

-> Missão Trader Desafio Rússia | Conheça os 7 Traders que vão embarcar com o Neto rumo à Rússia

-> Programador conta como transformou R$ 1 mil em R$ 300 mil com day trade e passou a viver da Bolsa

-> EXCLUSIVO: PROFITCHART MOBILE NO MISSÃO TRADER DESAFIO RÚSSIA

-> Deu gain, até debaixo de chuva no Missão Rússia

-> A Hora do Profit Especial – Missão Trader Desafio na Rússia

-> Desafio Rússia: Dinheiro no bolso já no primeiro dia

 -> Quer Operar na Bolsa de valores? Clique aqui e conheça o Método EduIndex!

-> Você que é interessado na Bolsa de Valores, pode também ser um Trader! Clique aqui e baixe o e-Book “Como Iniciar a Vida de Trader”.

Artigo Relacionado

Share

Edu Moraes
Edu Moraes

error: Content is protected !!