B3 terá contratos futuros de ações de várias empresas e minicontratos de S&P500

12 jun 2018

O investidor pessoa física poderá operar alavancado com ações individuais

Disponibilizar mais produtos para os investidores pessoa física operarem é um dos principais focos da B3 em 2018 e a criação de futuros de ações individuais pode sair ainda este ano , segundo Gilson Finkelsztain, presidente da B3. “[o instrumento] Vai ser similar a um futuro de índice”, disse Finkelsztain durante o Master Trader Brasil 2018, evento organizado pelo InfoMoney Educação que aconteceu em São Paulo neste fim de semana.

De acordo com o executivo, o novo contrato futuro vai permitir que o investidor pessoa física opere alavancado com ações individuais, como já acontece no futuro do Ibovespa, por exemplo. “A pessoa tem hoje uma variedade [de ações] no mercado à vista, mas não tem alavancagem. Ele até pode alavancar via opções, mas os futuros [de ações individuais] vão proporcionar uma variedade muito mais ampla de oportunidades de trading”, afirmou.

Raony Rossetti, head de renda variável do Grupo XP , afirma que a XP está há alguns meses em conversa com a B3 para a construção em conjunto desse contrato. “Fizemos algumas propostas sobre as características do instrumento”, disse.

Quer Operar na Bolsa de valores? Clique aqui e conheça o Método EduIndex!

Ele concorda que a primeira grande vantagem do novo produto é a possibilidade de operar alavancado. “Para comprar ações, em geral, o cliente precisa ter dinheiro. Quando compra um contrato futuro ele precisa apenas de margem de garantia, que é cada vez menor”, destaca.

Traders experientes que utilizam minicontratos usam a alavancagem a seu favor e costumam montar estratégias para otimizar os ganhos e reduzir os riscos de perdas nas operações. Agora isso será possível também com ações individuais. “É importante lembrar que a alavancagem deve ser utilizada com prudência, sempre levando em consideração todos os riscos e fazendo as operações de maneira consciente”, pondera Rossetti.

Outra vantagem do futuro de ações é que o cliente que opera vendido no mercado à vista precisa sempre ter ações disponíveis para aluguel (para conseguir montar a operação short). Já no mercado futuro ele consegue fazer isso sem precisar alugar o papel. “A parte operacional é menos trabalhosa”, destaca o head da XP.

Além disso, esse produto deverá aumentar a liquidez do mercado à vista. Isso porque o Market Maker (formador de mercado) vai dar preço do contrato futuro, e como este contrato é alavancado, ele vai precisar comprar no mercado à vista. “Além de criar um novo mercado nós vamos injetar muita liquidez para um mercado já existente e consolidado”, diz Rossetti.

Segundo Finkelsztain, a direção da B3 colocou o produto ‘top 3’ de produtos a serem desenvolvidos.  “No momento que estamos na empresa conseguimos nos dedicar ao desenvolvimento de novos produtos. É difícil precisar se vamos conseguir homologar tudo até o final do ano, mas esperamos que sim”, afirma.

A B3 ainda não disse como será o formato dos contratos, a regra de emolumentos e nem quais ativos seriam negociados via contrato futuro. Além dos contratos futuros de ações, o presidente da B3 afirmou que a Bolsa está se dedicando a criar um contrato micro de S&P futuro. ”[o produto] Vai ser dedicado principalmente para pessoas físicas”, disse.

Você que é interessado na Bolsa de Valores, pode também ser um Trader! Clique aqui e baixe o e-Book “Como Iniciar a Vida de Trader”.


Leia também:

-> Edu Moraes é convocado para o Missão Trader Desafio Rússia

-> Missão Trader Desafio Rússia | Conheça os 7 Traders que vão embarcar com o Neto rumo à Rússia

-> Programador conta como transformou R$ 1 mil em R$ 300 mil com day trade e passou a viver da Bolsa

-> EXCLUSIVO: PROFITCHART MOBILE NO MISSÃO TRADER DESAFIO RÚSSIA

-> Deu gain, até debaixo de chuva no Missão Rússia

-> A Hora do Profit Especial – Missão Trader Desafio na Rússia

-> Desafio Rússia: Dinheiro no bolso já no primeiro dia

 -> Quer Operar na Bolsa de valores? Clique aqui e conheça o Método EduIndex!

-> Você que é interessado na Bolsa de Valores, pode também ser um Trader! Clique aqui e baixe o e-Book “Como Iniciar a Vida de Trader”.

Fonte: InfoMoney

Artigo Relacionado

Share

Redação

error: Content is protected !!