Dólar mostra a força dos R$ 3,70 e ações da B3 abrem caminho para a recuperação

13 jun 2018

No InfoTrade de hoje, destaque novamente para o dólar, que deixou sinal de compra ao teste da média móvel de 21 dias ascendente, enquanto do lado das ações, as atenções ficam por conta dos papéis da B3, que armam um cenário de reversão após o teste de um importante suporte de longo prazo.

InfoTrade é a seção diária de análise técnica feita 100% pelo InfoMoney.

Confira a análise:

Ibovespa

+0,62% 72.754

Resistências: 74.031 / 75.520 / 76.470
.
Suportes: 71.161 / 70.763 / 69.950

Dólar mostra a força dos R$ 3,70 e ações da B3 abrem caminho para a recuperação1

Em vista da importância da média móvel de 21 períodos do gráfico de 60 minutos, principal referência de resistência de curtíssimo prazo, a análise do índice seguirá focada no intraday. Para iniciar uma recuperação, perspectiva gerada pelo nível de sobrevenda atual e o teste do fundo de novembro do ano passado, um importante suporte de longo prazo, o índice necessariamente precisa romper a média móvel citada, o que representa se sustentar acima da faixa de 73 mil pontos e finalmente romper o topo intermediário em 74.031 pontos, abrindo caminho para os 76 mil pontos. A perda do fundo consolidado entre 71.161 / 70.763pontos irá anular este cenário de recuperação descrito, probabilidade que tem o apoio da tendência de baixa de curtíssimo prazo. Porém, como dito antes, o mercado está sobre uma barreira importante de suporte e ao menos um repique de curtíssimo prazo é esperado.

Dólar Futuro

+0,15% 3.724
Resistências: 3.738 / 3.792 / 3.867

Suportes: 3.700 / 3.681 / 3.629

Dólar mostra a força dos R$ 3,70 e ações da B3 abrem caminho para a recuperação2

Assim como no pregão no passado, a moeda encontrou maior pressão de compra ao teste da média móvel de 21 dias ascendente e segue a expectativa pela retomada da tendência de alta principal. Esse cenário será confirmado ao superar a máxima de segunda-feira em 3.738 pontos, tendo como principal objetivo o topo cravado em 3.867 pontos, onde encontrará grande pressão de venda. A expectativa de um novo momentum de alta somente será anulada com a perda de 3.681 pontos, tendo com alvo o fundo cravado em 3.629 pontos. Somente a perda deste patamar para a tendência de alta de curtíssimo prazo ser anulada.

B3 (B3SA3)

+2,84% R$21,00

Resistências: R$21,33 / R$22,00 / R$22,84

Suportes: R$20,05 / R$19,54 / R$19,18

Dólar mostra a força dos R$ 3,70 e ações da B3 abrem caminho para a recuperação3

 

Como vem sendo dito, a divergência de alta apontada pelo OBV (On Balance Volume) apontava para uma recuperação e o candle positivo com volume acima da média, confirmando fundo intermediário sobre R$ 20,05, abre caminho para uma recuperação. Para isso, o papel precisa confirmar o rompimento de R$ 21,33 neste pregão, o que resultará em um pivô de alta e abrirá caminho inicialmente para a média móvel de 21 dias descendente. O rompimento da referência de resistência anulará o momentum de baixa de curtíssimo prazo, tendo o caminho aberto para R$ 23,07. A perda do fundo em R$ 19,54 anulará todo esse cenário.

O analista responsável é Rafael Ribeiro (CNPI-T EM-946), com supervisão de Thiago Salomão (CNPI-P EM-1399).

Quer operar na Bolsa de Valores? Conheça o Método EduIndex!

 

 
Fonte: InfoMoney.com

Artigo Relacionado

Share

Redação

error: Content is protected !!